Você conhece a inteligência emocional? Sabe o quanto é importante? Quer saber como alcançar a inteligência emocional? Neste artigo falaremos sobre inteligência emocional e daremos dicas sobre como alcançá-la na sua vida.

A inteligência emocional em nossas vidas

A inteligência emocional é uma técnica que permite bom relacionamento com o próximo, proporcionando melhor interação e comunicação. Ainda permite o entendimento nas relações pessoais. A inteligência emocional influencia na nossa saúde mental e física, evitando os transtornos psicológicos, como a depressão. Um indivíduo que consegue desenvolver a sua inteligência emocional é mais valorizado, pois reconhece as suas limitações.

Como alcançar a inteligência emocional?

Agora que já sabemos tudo sobre a inteligência emocional, leia nossas dicas de como alcançar uma inteligência emocional infalível:

1.   Controlar as emoções

Há indivíduos que apresentam o comportamento mais energético, enquanto outros são mais tranquilos. Porém, ninguém está livre de cometer atos precipitados. Muitas pessoas acabam agindo sem pensar – e isso é natural. O nosso cérebro precisa se adaptar à nova realidade e ter conhecimento sobre as atitudes impetuosas que podem causar desconforto nas relações. A impulsividade definitivamente não é uma aliada na maioria das situações.

Por isso, é importante controlar as emoções e os impulsos antes de tomar alguma decisão ou falar qualquer coisa. Procure ter mais calma e razão ao invés de deixar o instinto agir. Os exercícios de respiração podem nos ajudar durante esse processo de controlar as emoções, assim como a meditação e a prática regular de exercícios físicos. Lembre-se que é preciso ter equilíbrio das emoções e não supressão.

2.   Melhorar a autoconfiança

Saber aonde quer chegar, o que deseja e querer alcançar os seus objetivos, às vezes não é fácil. E é preciso reconhecer os nossos pontos fortes e fracos para trabalhar nas mudanças e melhorá-los. Isso pode ser feito por meio da autoconfiança. O nosso cérebro tem uma potencialidade enorme. A questão é que grande parte das pessoas não tem consciência sobre isso e não acredita em si no momento de enfrentar os problemas que julga intransponíveis.

Por isso, é muito importante acreditar nas suas habilidades e em seu potencial, pois isso ajuda a fortalecer a ideia de que se tem capacidade para controlar os momentos de crise e passar por cima das dificuldades. Acreditar em si mesmo e ressaltar as suas qualidades e talentos é como um combustível para melhorar a própria qualidade de vida.

3.   Lidando com a pressão

O estilo de vida dos dias atuais exige muito das pessoas. Há diversas questões para lidarmos diariamente e, geralmente, elas requerem soluções rápidas. A pressão pode ser vinda de pessoas que prestamos contas, chefes no ambiente de trabalho, externa ou internamente, até porque acabamos nos cobrando demais.

Todavia, precisamos aprender a priorizar o que é essencial para não sucumbir às exigências e deixar que o medo e a ansiedade tomem conta da situação. Há diversas formas para gerenciar essa situação, como elaborar uma lista contendo os afazeres, separando os mais e os menos importantes. Além de tudo, é preciso priorizar a nossa saúde, se divertir mais e respeitar o próprio limite para ajudar a facilitar o controle de pensamentos e sentimentos negativos por conta da pressão.

4.   Expressar-se mais

É fundamental expor o que sente e também sua opinião para o equilíbrio se manter. Expressar-se é a forma mais segura para entender e trabalhar as impressões internas. O diálogo é o meio com o qual esclarecemos os nossos pontos de vista e debatemos as questões para que possamos resolver da melhor forma. Por isso, não tenha medo de se expressar!


Este artigo te ajudou? Então clique aqui e não perca a oportunidade de construir uma inteligência emocional infalível!